8 de Abril de 2010 Cledilma Cordeiro

Conferência Regional de Saúde Mental reúne sete municípios

1 Foto(s), clique e veja as outras.

Empenhados em buscar propostas e ações que possibilitem a melhora na qualidade dos serviços oferecidos aos pacientes portadores de transtornos mentais, através do CAPS I, instalado na cidade de Princesa Isabel e que também atende a demanda de casos das cidades de Imaculada, Água Branca, juru, Tavares, São José de Princesa e Manaíra, reuniram-se durante todo o dia de ontem secretários e profissionais da área de Saúde, além de outras áreas, na I  Regional de Saúde Mental.

 

O encontro foi realizado na cidade de Princesa Isabel, no Ácqua Clube, aonde cerca de duzentas pessoas, vindas dos sete municípios, discutiram temas como: a Saúde Mental e as políticas de Estado; a consolidação da Rede de Atenção Psicossocial e o fortalecimento dos Movimentos Sociais; Leis, Reforma Psiquiátrica, Inclusão Social e Intersetorial Leis, entre outros.

 

Estiveram presentes os secretários de Saúde das cidades de Princesa Isabel, Ricardo Pereira; Imaculada, Maria Carmem; Tavares, Celma Moreno; São José de Princesa, José Max Rodrigues; Manaíra, Luis Alves; e representando a Secretaria de Saúde de Juru, a psicóloga Aparecida dos Santos, além de profissionais da Estratégia de Saúde da Família, do CRAS e da sociedade civil organizada de todos os municípios.

 

Para o secretário anfitrião, Ricardo Pereira, “essa conferência teve como objetivo principal a busca pelo fortalecimento das políticas de Saúde Pública, em especial de Saúde Mental, o que é um marco na história da Paraíba, pois poucos municípios estão realizando Conferências regionais”.

 

“Princesa Isabel hoje realiza essa Conferência Regional, envolvendo mais seis municípios da região, os quais tem nossos serviços em Saúde como referência e é uma satisfação enorme para nós estarmos recebendo todos os nossos colegas secretários, bem como os demais participantes desse evento, que estão para construir e deliberar ações para a  Estadual e para a Conferência Nacional, políticas de Saúde Mental aqui para Princesa Isabel, bem como a implantação do CAPS A e o CAPAS AD, que complementaria o CAPS I”, acrescentou Ricardo.

 

E complementou dizendo que “a política de Saúde Mental tem avançado muito nos últimos anos, especialmente no governo Lula, e isso demonstra o interesse dos municípios em cuidar de uma grande parcela da população que hoje faz uso de psicotrópicos, que são remédios extremamente pesados, e a nossa intenção enquanto CAPS é cuidar, inclusive, de demandas judiciais, de alcoolismo, de drogas, ou seja, socializar o atendimento do CAPS, se estendendo para o CAPS A e CAPS AD, para dar uma nova visão, uma nova vida as pessoas que dependem exclusivamente de algum tipo de vício, pois esse é o principal foco dessa discussão”.

 

A I Conferência Regional de Saúde Mental de Princesa Isabel, que foi uma realização pela Prefeitura de Princesa Isabel, através da Secretaria de Saúde do município e do CAPS, em parceria com as secretarias de Saúde dos outros seis municípios e com o Núcleo de Saúde Mental do Governo do Estado, teve como palestrante a Dra. Maria Risonete Simplício Leite (Psicóloga Clínica) e como debatedores Dr. Jaime Bezerra (psiquiatra do CAPS I Princesa Isabel), Dr. Lorenço Vieira (médico sanitarista do município de Imaculada), Dra Maria Risonete Simplício Leite, Dra. Ilana Nogueira.

 

Para ver as fotos do evento CLIQUE AQUI!!

 


« Voltar